segunda-feira, 6 de junho de 2011

"Star: The Dog who Lived" - RIP

   E porque um blog não tem que se basear apenas em roupa, em acessórios, em maquilhagem e em imagens "perfeitas" e puramente inspiradoras, hoje relato-vos uma história verídica e bem recente, para aqueles que eventualmente não a conheçam. Para quem conhece, vai certamente ser útil relembrar, pela lição.

    Star é o nome de uma cadela que, em meados do mês de Maio do corrente ano, foi enterrada viva em Malta, numa espécie de descampado, até à zona do focinho (que estava amarrado com uma espécie de fio), após ter sido baleada 40 vezes na zona da cabeça. Felizmente, Star conseguiu sobreviver por algumas semanas - não vos sei precisar - após o crime ter sido cometido, tendo recebido a designação de "Star, the Dog who lived". 
     Um fundo foi criado, como recompensa para quem tivesse informações e pudesse ajudar a encontrar o autor de tal atrocidade. Se num prazo de um ano nenhuma informação relevante tiver sido comunicada às entidades policiais, o montante que o fundo recolher entretanto será donado a uma instituição de Protecção Animal.
   As expectativas eram positivas, Star encontrava-se em recuperação e até já tinha quem estivesse interessado em ficar com ela. Nestes últimos 4 dias, pelo que que consegui entender, Star encontrava-se já na casa do seu novo dono quando começou a notar-se que algo de estranho se passava. Apesar da intensa luta que Star - e todos os que em torno dela se juntaram para prestar auxílio constante - travaram não terminou como seria esperado. Esta tarde, fruto de complicações a nível do pâncreas, Star acabou por falecer. 

Star, após ter sido encontrada.


   ... A falta de limites do ser humano assusta-me. Resta-me desejar que casos como estes não caiam no esquecimento e esperar que, um dia, haja um Direito que saiba punir realmente os infractores quer atentem contra direitos absolutos humanos ou animais, já que apelar ao bom senso, à consciência e ao que de melhor devia supostamente existir dentro de cada um de nós parece, em muitos casos, tarefa impossível.
   Espero, honestly, que o criminoso seja capturado - e perdoem-me se ferir susceptibilidades por dizer isto, mas em casos destes (e outros semelhantes) a mítica Lei de Talião (ref. Código de Hammurabi) devia valer, e bem: olho por olho, dente por dente. A reciprocidade do crime em relação à pena em certos casos chega quase a parecer adequada. E é que ainda assim, sad but true, há quem nunca fosse aprender.
   Acredito que, pelo de mais maravilhoso, pela história de luta em si, mas também irónico e de lamentável que esta história tem, também ela vos possa servir de inspiração: para que vejam a luta de um ser,  tão frágil, que por muito irracional que o queiram considerar conseguiu distinguir aqueles que lhe quiseram bem, sempre os acarinhando  e, citando, tendo sempre "um abanar de cauda que fosse" para mostrar a alegria, a esperança, a derradeira luta e o agradecimento. E igualmente para que também vocês reconheçam e saibam da  história de outra luta, pela qual passaram várias pessoas que se prontificaram desde logo a apoiar Star, da forma que conseguiam, até ao último minuto e que, nem agora com este desfecho, ataram as suas mãos, continuando a lutar por um regime jurídico mais protector e para que se faça justiça, e que a morte de Star não faça as buscas policiais caírem em pleno esquecimento.
   Star é o nome que tem, e acredito que vá continuar, dado aso a manifestações, a campanhas de sensibilização no âmbito da não crueldade animal e que tem chocado, ao mesmo tempo que sensibilizado também, um pouco por todas as partes do mundo. Hoje, queiram chamar-lhe metáfora ou o que seja, para muitos ela personificou o nome que tão bem merece e tornou-se, como quem de perto acompanhou o seu caso diz, "a true Star - the dog who will always live, forever".






   A estas magníficas pessoas o meu bem haja, assim como um muito obrigado por darem alguma cor e esperança a este mundo cada vez mais cinzento e incerto, e... Descansa em paz, Star :)


Para quem quiser mais informações, fica aqui o grupo no Facebook, que sempre actualizou o estado de Star, e alguns links noticiando o caso:
http://www.facebook.com/StarOurHope

DailyMail (UK)

The Sun

Sky News

5 comentários:

  1. :'( não entendo como é que coisas destas são possíveis! :OOO

    http://myfashioninsider.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Hi my love!
    Thank you so much for your sweet comment! I'm glad my post can touch someone, and you are so right it is a blessing to have such wonderful people guide us from above. We are the luckiest girls in the world to have our own personal guardian Angels. They will live on with us FOREVER. I know it. :)

    xx

    www.KimCarfashion.com

    ResponderEliminar
  3. Quando vi esta notícia tudo o que me apeteceu foi chorar...muito. É íncrivel como as coisas sucedem e parece mesmo que ainda não era a hora dela de ir! A Star é linda, linda e esta coragem canina e crueldade humana é uma boa lição de vida.
    xx,
    I.S

    www.thatbananas.blogspot.com

    ResponderEliminar